Princesa Fiona

19.4.18

'Roar'! Meu reino! 
Quando eu era criança pequenina, em uma casa de madeira com pátio na frente e atrás de casa, tínhamos muitos bichos, entre cachorros, coelho, galinhas e pintinhos, codornas e passarinhos, às vezes meu tio catava gatos de rua. Eu sempre tive um pouco de medo de gatos, porque, por falta de sorte creio eu, os gatos que meu tio pegava eram sempre muito ariscos. Então eles arranhavam e mordiam por qualquer coisa. 
Por conta disso, sempre fui mais de cachorros. Tivemos alguns durante minha infância até o começo da adolescência. 

Então depois de uns bons anos sem um(a) companheirinho(a), eu fique dando indiretas para o maridón e, praticamente cinco anos morando juntos, ele resolveu que poderíamos ter um(a) gatinho(a). E aí a gente conheceu a Fiona. :)

Fui marcada por uma amiga na página de uma moça que pega os bichinhos da rua e apronta eles para adoção. Então ela postou fotos da Fiona e dos dois irmãozinhos dela — ela tem uma irmãzinha também, mas já tinha sido adotada quando decidimos pela Fiona. Na verdade todos estavam praticamente adotados, o que me deixou bem feliz em saber.

Fiona e papai ❣
Quando ela chegou aqui em casa era um serzinho pequeninho, toda medrosinha ao mesmo tempo que curiosa. Eu senti que eu e ela já eramos feitas uma pra outra, pois ela ficava grudada comigo mesmo sem me conhecer direito.

Já faz dois anos e (quase) meio que ela está conosco. Tem dias que ela tá insuportável de chata, assim como eu, então dá pra notar que somos parecidas até demais, haha. É claro que ela é minha companheira, que fica do meu lado quando está frio; que fica miando até eu levantar pra dar a comida dela. E que deita em qualquer lugar, contanto que eu esteja perto dela.

Felicidade de estar no sol *.*
Ela é a princesa da casa. Princesa Fiona. Parecida com a Fiona do Shrek, só que do jeito folgado de ser. Ela é muuuuuito teimosa, mesmo quando a gente diz pra ela não subir na mesa, nem em lugar nenhum, o que ela faz? Sobe na mesa ou nos lugares que não pode subir, risos.
Ela gosta muito de sol, mesmo quando está tão quente que nem na sombra a gente aguenta; depois de comer um pouco a sua comida ela se estende fora, na sacada, e fica tomando sol por alguns minutos. É uma das coisas mais fofas de se ver.  Gosto de ver o focinho dela de cima, e quando ela toma banho. Fico muito tempo olhando ela tomar banho — menos quando ela limpa as partes íntimas, né, só pra me poupar um pouco, haha.

Já disse que ela gosta de sol? rsrs
Quando estou no computador escrevendo, ela vem do lado da cadeira, mia, e aí se empoleira na minha perna e me toca com a patinha dizendo "mamain, cadê a comida?" ou "mamain, quero subir no seu colo". Ela é muito persistente, pois não sai dali até eu fazer o que ela quer.

Os brinquedos favoritos dela? Nada mais nada menos do que caixas de papelão, sacolas plásticas — entre outros "lixos" por aí, rs —; mas há também o famigerado laser, saindo enlouquecida atrás para pegar a tal luzinha. Ela tem uma bolinha verde que ela adora correr atrás, porém ela fica perdida por dias embaixo de algum móvel, mas quando a gente acha, os olhinhos ficam redondinhos com as pupilas dilatadas, querendo brincar.

Alá a caixa. Serve até de cama, haha.
Tem uma coisa que ela não gosta: que pegue no colo, a não ser que ela peça. E quando ela quer é lei, pois fica de mau humor e dá mordindinhas pra demonstrar sua insatisfação.
Ah, minha princesa é cheia de personalidade, hehe. Ela é muito amada como você pode perceber pelas fotos.
Até pro Chile essa princesa já foi! Mais internacional que muito bichano por aí, hein! 😆

Só não gosto quando as pessoas dizem que gatos não tem sentimentos, que são frios e blablablá. Porque só de conhecer esse bichinho você vai perceber que ela carrega um amor imenso por nós, os pais. E sim, eu me acho mãe de gata, e é óbvio que é diferente de ser mãe de gente. Não fico dizendo que dia das mães é meu dia, mas eu cuido e me sacrifico para essa criaturinha aí ter o melhor lar do mundo, com muita brincadeira, com muita comida e principalmente, amor. Então sou mãe dela, sim. E ela é minha princesa. A Princesa Fiona. ♥

4 comentários:

  1. Gatos são só amor! Nunca tive um bichano meu, eu usava os da minha vó, hahaha, e depois quando mudei pra uma casa em SP em que a dona tinha gatinhos... Eles gostavam muito da minha cama, haha! Mas a mais velha sempre me pede colo, a mais nova é um demonho que eu amo, haha! Vou sentir falta de ter essas bolas de pelo de amor por perto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu adoro bichinhos num geral, mas gatos são tão especiais <3
      Obrigada pelo comentário, Vy! :)
      Beijins!

      Excluir
  2. meudeus essa gata que coisa linda ♥ vontade de dar um cheiro nessa barriga :) haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, eu dou uma de Felícia com ela, mas ela fica brava xD

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan