Desafio das 30 músicas #5

10 de abril de 2018

Penúltimo post dessa série de questões (cumprindo praticamente certinho, hehe) baseada nesse desafio. E se ainda não sabe do que se trata, veja o primeiro post e entenda tudo. ;)

Lembre-se, ouça com atenção, rs. 🎧🎶


/ Uma música favorita com nome de pessoa no título
Ophelia, do The Lumineers. A banda é uma recente descoberta minha. E já me apaixonei perdidamente por ela, e mais precisamente por essa canção que embala com tanto sentimento um ritmo suave e inebriante. 

/ Uma música que te motiva
You Get What You Give, do New Radicals. Se eu tivesse prestado atenção nessa música quando era adolescente e desse ouvidos de verdade a ela, algumas de minhas escolhas poderiam ser diferentes. Mas não adianta se lamentar hoje, é prestar atenção nela agora e deixar que ela me mantenha em pé. É o que faço.

Menção honrosa: Mother We Just Can't Get Enough, do New Radicals. Outra música da mesma banda que tem o mesmo efeito, de uma maneira um pouco distinta, mas o mesmo. Só escolhi a outra pois por muito tempo eu só conhecia a canção anterior dessa banda, rs.

/ Uma música que você acha que todo mundo deve ouvir
Free Bird, do Lynyrd Skynyrd. Quando eu li a questão me vieram algumas outras músicas, que já foram citadas nesse desafio. Por isso tentei pensar um pouco fora da caixa, e me dei conta que Free Bird é uma música que, se todos não conhecem, deveriam, pois é  f*** pra c******! Ouçam a versão ao vivo que é fantástica (uma de 2003).
Na falta de uma, coloquei de dois anos diferentes, risos.

/ Uma música de uma banda que você gostaria que ainda estivessem juntos
Let it Be, dos The Beatles. Não consegui pensar em outra banda que eu gostaria que estivesse junta. Mas como é do conhecimento geral, isso será impossível, já que dois dos membros já se foram dessas terras. Porém, não há outra banda que eu desejasse mais — relevando as circunstâncias — que pudessem se reunir para mais um álbum do que os Beatles. A música escolhida é uma de minhas favoritas da banda.

/ Uma música de um artista falecido
Feeling Good, da Nina Simone. Nina, deusa, rainha. Se eu não a escolhesse, quem seria? Todas as homenagens que ela recebe até hoje ainda são pouco para enaltecer essa mulher que tanto lutou por um pouco de felicidade e paz...


A Michas está participando também, então acompanhem o blog dela para ver as músicas que escolheu ;)


Postar um comentário

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)