Desafio das 30 músicas #4

3.4.18

Mais um post do desafio das músicas no ar! Se está curiosa(o) para entender melhor, veja o primeiro post dessa série. ;) Está sendo inspirado neste desafio aqui.

Não esqueça de aumentar um pouquinho o volume, hein! 🎧🎶


/ Uma de suas músicas clássicas preferidas
Flight of the Bumblebee, de Nikolai Rimsky-Korsakov. Levei bem ao pé da letra (não sei se tinha outro sentido, enfim...) que é música clássica mesmo e escolhi essa que conheço desde criança e me intriga. Ela realmente faz com que a gente pense que tem uma mosca/abelha fugindo da nossa perseguição, rs. Isso é interessantíssimo em músicas instrumentais: elas fazem você sentir mais a flor da pele as notas.

Menção honrosaBach Cello Suite No.1 - Prelude, de Johann Sebastian Bach. Essa música é a preferida do maridón do período barroco, que também me toca profundamente. Mas como eu me lembro mais do prelude dela, foi a que coloquei aqui.

/ Uma música que você cantaria em dueto num karaokê
Mamma Mia, do ABBA. Quando li a questão me lembrei imediatamente do grupo, pois tem músicas gostosinhas de serem cantadas, e para um karaokê (que não iria pela vontade de cantar porque tenho pavor, mas a brincadeira pede pelo menos para imaginar a situação, certo?) seria uma escolha relativamente clichê, e só por isso já vale, haha. 

/ Uma música do ano que você nasceu
In Your Eyes, de Peter Gabriel. Não é do mês que nasci, o álbum So — do qual a música faz parte — é de Maio de '86, mas como eu gosto muito dessa música, a escolhi. Ela está no filme Say Anything... que eu gosto bastante. Além do Peter Gabriel ter a voz no mesmo ~estilinho~ que o Phil Collins — outro cantor do Genesis que eu gosto, haha.

/ Uma música que faz você pensar na vida
Rebel Heart, do The Corrs. Como disse lá na primeira, músicas instrumentais tem um poder diferente quanto as sensações sobre os instrumentos, as notas, a melodia. Essa música sempre me passou algo de epifania, de pensamentos sobre todas as coisas. Acho que foi uma ótima escolha.

/ Uma música que tem muitos significados pra você
All Theses Things That I've Done, do The Killers. Se eu pegar os trechos separados da canção ("You're gonna bring yourself down"; "I got soul, but I'm not a soldier"; "If you can hold on, If you can hold on, Hold on", por exemplo) eles significam muito para minha trajetória. Se pegar todo o significado ela tem um peso bem importante, igualmente. Então é mais do que certa como uma música que tem muitas coisas que falam comigo... Ela poderia entrar na música que me faz chorar também, hehe.

Menção honrosa: Shake It Out, da Florence + the Machine. Praticamente a mesma coisa que disse na anterior. E me soa muito pessoal, muito íntima, por isso não quero entrar em detalhes.


A Michas está participando também, então acompanhem seu blog para ver suas escolhas ;)

2 comentários:

  1. Canto muito mal, mas amo karaoke! Você tem razão, Abba é ótimo, Dancing Queen é das minhas favoritas pra fazer dueto <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não canto muito bem também, mas como disse ali, não vou a karaokes haha. Tenho vergonha e nunca cantei na frente de ninguém, rsrs.
      Mas Abba é ótimo para várias situações, então acho que foi uma boa escolha. ;)

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan