A arte de ter um blog

3 de setembro de 2018

Os últimos dias foram tão reclusos que até deixei de terminar oficialmente o BAEDA para ser engolida por uma série. Quem diria! Eu, a pessoa mais descompromissada com séries que existe. Mas aconteceu e não tem volta, nem arrependimentos, rs. O fato é que deixei de escrever o último post, que também era para ser o Blog Day: dia de se “comemorar” os blogs old school e fazer indicações de mais blogs que admiramos, gostamos de acompanhar.

Não rolou, porém estou aqui para redimir isso — muito embora nem me sinta culpada por não ter publicado nada no dia 31. Para falar a verdade estou um pouco cansada de internet e tenho feito apenas pequenas aparições que já consomem a energia que me resta em ficar por ela. Então só tenho me distraído com as coisas que eu realmente tenha vontade, como disse uns posts atrás que faria, certo? Pois bem, agora que tudo está colocado na mesa, podemos falar sobre isso de se ter um blog pessoal. ;)

Ano passado eu nem imaginava a possibilidade fazer um BEDA (como aconteceu em Abril) nem o tal do “blog quase todo dia”. Quando decidi que faria isso em Abril até surpreendi a mim mesma. As coisas mudam, a gente muda e acaba por querer tentar coisas que nunca pensou que dariam certo. Não foi um sucesso meu BEDA, mas sinto que com esse “almost” de Agosto reiterei o que tinha faltado no outro mês. Não só por esse motivo, mas também porque fiquei com vontade de escrever mais e mais e a oportunidade surgiu novamente.

Ainda que não tenha concluído tudo como gostaria, acho que é essa liberdade que sempre me permito ter com meu blog que faz eu querer estar aqui sempre (...que tenho vontade). Às vezes eu só quero ficar fora do mundo virtual, e simplesmente sumo por uns dias porque eu não me sinto nenhum pouquinho obrigada a estar aqui só para manter uma regularidade que vai ser forçada; aquela coisa para preencher espaço. Por isso tenho ficado mais tranquila em escrever e colocar meus sentimentos mais abertamente, tentando ser o mais honesta — principalmente comigo mesma — possível. 

Para mim essa é a base de escrever em um blog pessoal: ser honesta consigo mesma. Assim a sinceridade vai além e todos vão entender e saber como você é naturalmente.

Tenho me (re)descoberto em vários aspectos e tem sido muito instigante e interessante acompanhar isso, já que ser uma pessoa que escreve é algo intrínseco em mim, porque não contar os causos e histórias que aos poucos vão me transformando no eu do presente, não é? Quem tem blog fica mais propício a mostrar um pouquinho do seu mundinho com os outros e isso é o mais legal de estar nessa comunidade. :)


Pois bem, já que teci tantas positividades em se ter um blog, o mais justo é recomendar mais alguns que me incentivam, também, a continuar por aqui, quase como uma irmandade, eu acho. Citarei alguns lugarzinhos que me passam inspiração e uma certa leveza.

BMRTT 
O bloguinho lindo da Ba Moretti é um dos lugarzinhos mais gostosos de se visitar nessa internet de meu deus. Ela escreve simplesmente sobre seus dias, as coisas bonitas da sua vida e isso é tão cotidiano e simplista que é maravilhoso. A gente se aconchega em suas fotos (tão bem tiradas) dando um quentinho no coração. Gosto muito. ♡

oi, eu sou Pablo
Lugarzinho do Pablo é outro que me deixa no aconchego. Fora o layout do blog que é clean, bonito e passa um senso estético bem chic, ele desabafa e escreve, também, sobre seu dia a dia de maneira simples, que passa essa sensação de amizade e companheirismo.

Desancorando
Eu indiquei a Maki ano passado no Blog Day, mas esse ano o blog dela tem feito muito mais por mim. Muitos dos posts que ela tem feito me fazem pensar demais sobre como eu encaro a vida e meu jeito de escrever, fazendo com que eu reflita com cuidado e assim melhore como pessoa e escritora. Ela deve ter alguma mágica dentro dela, porque já vi outras pessoas dizendo a mesma coisa, hehe. E olha o visual que coisa mais linda!

Lunatic Pisces
E não poderia deixar de indicar minha miga Michas. Pois ela, mesmo que desaparecendo de vez em quando (isso me identifico sempre, porque já percebi que ela cansa da internet/redes sociais tanto quanto eu), tem sempre algo muito legal e divertido para contar quando ela dá as caras no seu cantinho encantador. Também preciso indicar o outro blog que ela tem, o Michas Reads, onde mantém as resenhas das leituras que faz, pois é um diário de leitura, para sempre se lembrar das coisas legais que ela leu. Recomendo sempre com todo carinho.


Bom, por hoje é isso. Reforço aqui que visite os lugarzinhos aqui recomendados (caso não conheça, o que acho bem difícil), pois todos tem algo muito bonito a se apreciar e valem muito a pena serem prestigiados. ♥

p.s: e parabéns a quem participou do BEDA e concluiu esse desafio :D

8 comentários

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ♥ que amor :) eu fico tão feliz com isso! fico tão mais motivada a continuar compartilhando minhas coisinhas :) é de ficar com o coração quentinho demais! ♥ obrigada pelo carinho viu? ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é isso mesmo, Ba. Eu tô tentando ser mais uma pessoa que mostra como a gente é simplesmente normal (às vezes nem tanto haha) tentando ser assim, inspiradora como você, hehe.
      Não precisa agradecer nada, eu que agradeço ^.^

      Excluir
  2. Julie <3

    Poxa, que lindo o que escreveu <3
    Olha, você está certíssima. Tem horas que eu olho para a Internet e só consigo pensar "ALGUÉM EM TIRA DESSE LUGAR PFVRRRRR"!!!! E ultimamente, ando pensando isso com mais frequência, rs. Acho que é sempre importante a gente respeitar os nossos momentos, né? Estamos na blogosfera old school porque é algo que nos faz bem, gostamos de fazer parte disso; então não vejo motivos para transformar em um pequeno inferno, em uma obrigação. Fico feliz que goste do meu bloguinho - que anda respirando com dificuldades neste fatídico 2018, mas seguimos em frente, the show must go on. Também gosto bastante do seu espaço, me passa uma tranquilidade e sempre termino de ler os posts com uma sensação de paz. Você cuida muito bem do seu cantinho, Julie. Dá pra sentir <3

    Da lista que você fez, acho que só conheço o Desancorando, que preciso voltar a ler mais, pois é ótimo. Agora fiquei curiosa em relação aos outros e vou começar a acompanhar. Obrigada pelas dicas :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michas ♥
      Pois então, é exatamente isso aí: a gente tá aqui pra se sentir bem, não combina ansiedade com as good vibes que a gente gosta de passar por meio da nossa escrita, por meio dos nossos bloguinhos, né?
      Ah, muito obrigada pelas belas palavras sobre minha casinha virtual ♡ Eu tento sempre dar o melhor de mim aqui, ou pelo menos mostrar como me sinto de verdade, hehe.

      Visite os outros bloguinhos sim. Sâo muito gostosos e você passará um tempo bem relaxante lendo-os. ;)

      Beijins!

      Excluir
  3. Eu acredito que a internet, às vezes, tem um poder meio do mal de fazer com que tudo pareça perfeito demais. E o perfeito cansa, né? Então, entendo que desaparecimentos são extremamente necessários.

    E agora vou a parte que pareço uma puxa saco sem fim: QUE.BLOG.LINDO! Como eu não tinha descoberto ainda? Deus abençoe um comentário!

    Aliás, ele me lembrou muito um tumblr e Deus sabe o quanto amo tumblr's! Melhor época da internet e foi lá que comecei a escrever mesmo.

    Não conhecia esses bloguinhos aí, tirando o da Maki que também é bem preferido. rs Mas, quero conhecer... Pois, vivo na eterna vontade de conhecer blogs que me inspirem, sejam leves e que simplesmente sejam. Entende?

    Obrigada por ter me trazido até aqui!

    com amor, Eva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eva!

      Sabe, o perfeito cansa porque a gente lá no fundo sabe que a vida de ninguém é perfeita e alegre e feliz o tempo inteiro. A gente tenta sempre ficar bem e ser mais leve, mas nem sempre vai ser e tá tudo bem né? Aqui eu tento mostrar todos os meus lados.

      Ah, que isso, haha. Meu blog é simplesinho ♡ Mas fico muito contente que tenha gostado tanto. ^.^

      Vai por mim, esses lindos blogs que recomendei são gostosinhos de visitar; passam paz e leveza (que acho que até você, que é nova por aqui, já sacou que eu sempre procuro por isso né? rsrs) Então vá fundo ;)

      Beijins!

      Excluir
  4. Oi Juli! Criei o blog alguns dias depois do BEDA ter chego ao fim, mas acompanhei alguns e acabei caindo aqui no seu por indicações alheias. A internet é complicada né? Ao mesmo tempo que facilita nossa vida, às vezes nos consome demais... Entendo como é "sumir" por um tempo. Já tive outro blog e vivia na pressão de "tenho que postar todos os dias" até o ponto de me consumir totalmente e perder o foco do que eu gostava. Criei esse para ser algo mais leve e sem cobranças.

    Ah! Obrigada pelas indicações, vou passar em todos também.
    Um beijo! | https://rivieredusouvenir.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!
      Que legal que criou um blog :) É bom estar na internet, mas com aquele cuidado de não ser sugada por coisas ruins que podem nos deixar mais deprês e ansiosas. Por isso gosto tanto desses blogs que recomendei, hehe. Eles são totalmente o oposto do que a web às vezes oferece; são simples e pessoais e isso só nos mostra como podemos ser assim também. ^.^

      Beijins!

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)