Laços

5.2.18

da Maori Sakai
...e de um dia pro outro eu comecei a me apegar a você. não é que eu não queira, é só um grande receio de segurar sua mão e depois não querer mais soltar; de me aconchegar entrelaçada nos seus dedos e por ali ficar. eu já vi coisas terríveis acontecerem com pessoas boas quando elas seguram na mão de outras, elas não largam nunca mais. esse é meu medo. porque às vezes a gente não tem que depender de ninguém, mas acaba fazendo a nossa própria existência ficar tão conectada com a de outra pessoa que não tem mais jeito de cortar essa relação, caso algum dia seja necessário o fazer. 
e sabe no que eu mais me apeguei? nesse seu jeito de manter os laços levemente afrouxados, pois é uma coisa que eu não tenho o mínimo talento para fazer. se eu apertar nosso laço, vai ser quase impossível desfazer esse nó. e isso me preocupa tanto, você nem imagina. os relacionamentos são laços afetivos muito bonitos; quando bem cuidados então, tenho grande admiração por essas relações. porém a maneira que se fecham esses laços de nunca mais se soltarem a não ser que se cortem... e isso seria algo triste de se fazer. então, bem, você já percebeu que tenho medo do gostar. por isso um laço bem apertado seria minha maior ruína. evito sempre que posso, me relacionar com alguém tão admirável em suas relações.
mas olha só, o que eu faço agora? sua mão é quentinha e macia, a estou segurando há uns cinco minutos. e os seus dedos, longos e fortes estão me segurando com ternura e segurança. ai, acho que me entreguei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan