Jogos japoneses, romance de verão e novas fotos

11 de fevereiro de 2018

Às vezes fico pensando se não poderia vir aqui falar mais de como tenho passado meus dias. Sei lá, como um diário mesmo, já que falo tanto do espaço aqui ser pessoal e que escrevo sobre o que quero, não custa registrar algumas dessas coisas e o que senti ao vive-las, certo?
Pois então, vou contar o que fiz por aqui nessa última semana (e você entenda que é a semana passada, tá? rs), que foi uma semana de algumas emoções, pelo menos para mim.
(edit: saiba que o que conto aqui não são as coisas mais pessoais. problemas, trabalho, intimidades todo mundo tem e disso eu não consigo falar aqui, até porque envolve outras pessoas, então é tudo muito mais superficial do que eu faço parecer)

Finalmente, depois de ficar planejando ir a Reserva Cultural para assistir ao filme do van Gogh (torcendo para que a Netlix traga logo pro catálogo) e acabar nem indo, me decidi por assistir Me Chame Pelo Seu Nome, e gente... Nem sei o que dizer. O filme está aqui comigo ainda; não consigo esquecer, porque parece que foi tão verdadeiro que te marca de alguma forma, sabe? A história de amor de Elio e Oliver me deixou com o coração quentinho ao mesmo tempo que me desolou. O curioso é que foi meio que gradual, pois logo que saí do cinema não sabia bem como avaliar o filme: se havia achado um bom filme, se tinha gostado um pouco, se tinha adorado... Foi um turbilhão de sentimentos. Aí esses dias me peguei chateada — não vou dizer o motivo pois pode soar como spoiler para alguém —, foi que percebi que o filme tinha mexido muito comigo. Então baixei do iTunes o soudtrack e só me resta ouvir e lembrar desse lindo romance de verão.♥

Devo escrever algo sobre ele por aqui, pois é daqueles filmes que se você não escreve ou fala sobre, te sufoca de uma maneira a te deixar até meio triste sem notar, num primeiro momento, do porquê. Então logo teremos um post dedicado a ele.


Sou uma pessoa que joga eventualmente. Não sei se você sabe disso, mas no sobre, aqui na aba de cima eu cito que gosto muito de Chrono Trigger, que é um jogo japonês para SNES. Envolve viagem no tempo, com uma história realmente boa, pois o jogo é de 1995, então foi uma novidade um plot desses. Bom, indo ao ponto, estou jogando pela, sei lá, sexta-sétima vez? Mais para acompanhar a história do que qualquer outra coisa — de verdade, é muito interessante e acontece mil eventos loucos. Contudo, eu deveria era estar jogando I'm Setsuna, que também é um jogo japonês e, olha só!, inspirado em CT. Meu marido tem conta na Steam e comprou o jogo pra mim algumas semanas atrás, porém como boa rebelde ainda nem toquei nele. Na verdade é mais preguiça de começar algo novo, que não sei como procede, não conheço gameplay. Precisava mesmo era assistir alguns vídeos pra me elucidar, tanto sobre a história como pra saber sobre a jogabilidade.

Ah, mas olha só como tem partes de CT que são tão bonitas e legais que eu não consigo não voltar pra revisitar todo esse mundo, e os personagens.
Bem, veremos o que acontece nas próximas semanas, se jogarei o outro jogo, hehe.

Outro acontecimento dessa semana foi eu ter criado uma nova conta de Instagram. Agora tenho duas: uma para focar nos livros e essa outra que são fotos de qualquer coisa do meu mundinho. Reflete muito o blog, então pode ser de qualquer coisa que faça parte do meu cotidiano trivial. Todavia posso dizer com certeza que terão fotos da Fiona, de São Paulo (porque eu acho essa cidade bela), de comida (porque quem nunca?) e café, evidentemente; de livros (de um "ângulo" diferente do outro ig), do céu (como adoro o céu com suas nuvens brancas de algodão) entre outras milhões de coisas inspiradoras.

Se esse tipo de conteúdo lhe interessa de alguma forma, só me seguir por lá. 😊

E só para concluir, mas não é nada tão importante, mudei a fonte do cabeçalho (de novo hahaha, eu nunca vou perder essa mania) porque agora tenho quase certeza que achei a fonte linda que eu tanto procurava. É que gosto muito de procurar fontes, principalmente handwrite, pois sou fissurada em escrever no papel, então essa tipografia me agrada bastante. Quando eu acho uma que me chama atenção já quero montar várias imagens para poder usa-las, e acabo quase sempre mudando o título do blog com elas, pois sou louca mesmo, fazer o que? rsrs
Esse fonte foi também usada na imagem que inicia esse post. Ela é linda e agora é ~minha~, haha.
[se for de interesse de alguém que lê esse bloguinho, posso fazer alguns posts com freebies — principalmente de fontes, pois são as coisas que mais procuro, :)]


É isso. Temos um post com muito blablablá, fotos e imagens. Acho que tá bom né? rs
Sei que não são acontecimentos imperdíveis, mas foi isso que me marcou nessa semana que se passou. Logo mais venho contar mais algumas coisinhas do meus dias.

Postar um comentário

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)