Retrospectiva musical 2017

5.1.18

Estamos de volta com post musical nessa casa! Tava ficando com coceirinha de falar de música aqui e esse post é patrocinado pela vontade-mor-em-falar-de-música-nessa-vida (vocês por acaso perceberam que eu ando meio alucinada? tipo, falando pelos cotovelos e coisa e tal? pois é, reflexo de noites bem dormidas, menos ansiedade, e doses de contentamento ;) e muito café, evidentemente). Também podemos dizer que esse post é uma estreia?, pois eu ainda não tinha feito retrospectiva musical por aqui. Não sei ao certo o motivo, mas nunca cheguei a fazer. Então está mais que na hora de mudarmos isso! empolgação tem sido meu nome do meio rs


Vamos começar com alguns números para que possamos, a partir deles, traçar comentários mais específicos. Shall we?

10 artistas mais ouvidos
(todas as estatísticas são retiradas do meu perfil do Last.FM, pois é onde faço os scrobbles das músicas que ouço no pc e no celular)

1) HAIM — 1057 scrobbles
2) The Lumineers — 619 scrobbles
3) Angra — 507 scrobbles 
4) Kings of Convenience — 344
5) Birdy — 176
6) The Beatles — 130
7) Fleetwood Mac — 126
8) Coer de Pirate — 108
9) Enya — 106
10) Florence + The Machine — 97

Esse foi o ano das irmãs HAIM for sure. As escutei muito mais do que quando comecei a ouvir Florence + The Machine, e no meu caso isso quer dizer MUITA coisa, hehe. Também conheci The Lumineers e eles foram muito destaque — até eu conhecer as HAIM, haha. Surpreendendo a mim mesma ouvi muito Angra em 2017. Redescobri que gosto muito dessa banda de metal melódico e não vou deixar de ouvir só porque ~pode parecer fora da curva~. Kings of Convenience é minha dupla de ouvir antes de dormir, então a porcentagem de scrobbles é grande por conta disso. E já aviso que os ouço para dormir por terem as músicas calminhas e relaxantes, mas eu gosto muito. Assim acontece com Enya também, que está em 9º por conta do mesmo motivo: me relaxa, e não vou deixar de ouvir por acharem que é cafona ou sei lá o que, rs. A passarinha Birdy ficou em 5º, mas o verdadeiro ano dela foi em 2016, quando ela havia lançado álbum novo. Porém ainda é uma boa posição no ranking. Coer de Pirate eu ouço mais o álbum do jogo Child of Light mesmo, então ouvi bastante em 2017, apensar de nem jogar tanto o jogo assim. Não tenho comentários mais concretos sobre Fleetwood Mac, simplesmente comecei a ouvir, e foi isso. The Beatles estão não meu coração, é daquelas bandas que volto sempre, hehe. Minha rainha Florence foi deixada meio de lado ano passado, mas vocês acham que foi culpa de quem? Das HAIM, hahahaha.

5 álbuns mais ouvidos
(ficamos com apenas cinco, pois os números começaram a ficar irrelevantes ao longo da lista, e não sou uma pessoa de álbuns e sim de músicas, portanto)

1) Something to Tell (HAIM) — 603 scrobbles
2) Days Are Gone (HAIM) — 447 scrobbles
3) The Lumineers (The Lumineers) — 338
4) Temple of Shadows (Angra) — 259
5) Cleopatra (The Lumineers) — 249

Como deu pra perceber HAIM ficou no topo do topo das listas, mas The Luminners fica logo atrás. O destaque aqui, penso eu, ficou por conta do Angra. Como disse, é uma banda de metal melódico e fiquei até surpresa por estar nas listas aqui. Porém o álbum Temple of Shadows é sensacional e merece atenção.

10 músicas mas ouvidas

Aqui eu nem vou por a lista pois todas as músicas são delas, vocês conseguem adivinhar? hahaha Sim, sim, estamos falando das irmãs mais ouvidas do meu ano 2017, as HAIM. Mas comentarei brevemente algumas das mais preferidas mesmo.
No top 5 temos todas as preferidas das moças: Want You Back, Falling, The Wire, Little of Your Love, If I Could Change Your Mind. E não tenho muito o que dizer, só que todas são ótimas músicas e que devem ser ouvidas, que os video clips são maravilhosos também. Alias, OUÇAM HAIM!!!

Destaques

Bom, tá ficando repetitivo, mas HAIM e The Lumineers são as bandas que mais ouvi em 2017. Ambas sensacionais e distintas. Uma formada só por mulheres, irmãs, que fazem um indie rock delicinha e, porque não dizer, feminista em alguns momentos. Já a outra, apesar de também ser um trio, é formado por dois caras e uma moça, com um som mais característico sulista americano, mas não menos bom que as irmãs.
Contudo queria muito chamar atenção para Calum Scott. Ele acabou ficando em 14ª na lista de mais ouvidos pois ainda não tem seu álbum lançado. Creio que agora em 2018, quando lançará — FINALMENTE — seu primeiro álbum, será o ano dele nos meus rankings, hehe. Então fica aqui minha mais que recomendação: OUÇAM CALUM SCOTT!!!


Os queridos de sempre

Alguns artistas que entraram até o top 20 que já conheço e considero há tempos foram menos escutados, mas nem por isso vamos esquece-los, não é mesmo?
Temos She & Him (11º), Frank Sinatra (12º), a-ha (13º) que deveria ter dado mais atenção, embora esteja sempre lá, mesmo que quietinho; The Corrs (16º), e por fim Alexz Johnson (17º), que chegou a lançar trabalho novo, mas não parei pra escutar com atenção. Quem sabe esse ano? É provável. :)


Meu ano musical, senhoras e senhores! Gostei de descobrir artistas novos e voltar um pouquinho para aquelas que tanto gosto. Foi um bom ano para a música na minha vida, escutei mais do que nos outros anos (exceto 2010, só repararem lá) e fico contente por isso, pois sou uma apaixonada por música — do meu jeitinho — desde sempre.

Mais posts sobre música virão esse ano, mais destaques e ataques de fã, então fiquem ligados na categoria Música. ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan