Ends 2017, starts 2018

2.1.18

Temos aqui um post praticamente fora de sua época. Eu planejava um post de resoluções-cheio-de-blablablá-sobre-o-que-esperar-do-ano-que-tá-pra-nascer, mas não consegui desenvolve-lo a tempo da real chegada de 2018. Então estou tendo que reformular algumas coisas que pensei em meio que anunciar — pois eu ia deixar o post falando da mudança de nome do blog para depois deste, mas como podem notar, essa ideia não deu muito certo, não é mesmo? Risos — nesse post e no fim isso aqui ficar mais como um texto só para falar do que espero para 2018. Enfim, acho que deu pra entender, né?


Meu rascunho aqui do blog está relativamente cheio, com vários posts que nunca (e acho que alguns nem irão mesmo) foram ao ar. Os motivos foram diversos: uns não consegui desenvolver a tempo; outros não escrevi por inteiro; outros tenho uma certa vergoinha — estão lá pois precisava desabafar de alguma maneira, e foi na escrita que eles saíram. Porém surpreendendo a mim mesma, não estou incomodada com a falta de posts nem que não tenha conseguido publicar o post de aniversário, por exemplo. Eu simplesmente estou tranquila com o que produzo aqui e é assim que funciono, na base do ~estou a fim, faço, não estou, não faço~. Não dá mais pra fingir que eu tenho saco de fazer post toda semana, pois até vocês sabem que isso não é verdade. Então quem vou querer enganar, certo?

Todavia, tenho alguns ~desejos~ de Ano Novo para o blog e vida internética — talvez de outras coisas também — e foi para isso que eu vim aqui tagarelar sobre. Contar o que que eu espero, o que tenho vontade de fazer, aquilo que a gente sempre faz em final ou começo de ano, aproveitando a summer vibes para se preparar para quando a rotina voltar; colocar tudo no papel e ver se a gente consegue cumprir pelo menos 40% das coisas "prometidas". Acho que podemos relembrar algumas coisas que passaram por aqui esse ano também? Podemos sim. Citarei alguns posts que gostei muito de escrever, porque com tudo isso que aconteceu durante meu ano, uma coisa que eu percebi é que não posso viver sem escrever, no bloguito então...

Umas dos ~desejos~ vocês já estão presenciando: o novo nome do blog (e de quebra um visual mais renovado, mas não, não um layout novo como sempre gosto HAHA). Fiz o post antes desse, pois não me aguentei e logo que virou o ano tive que fazer as mudanças devidas. Não que seja superstição — pois nem sou dessas que tem superstições, só algumas beliefs, mas nem tão importantes assim, ENFIM — apenas que eu acredito em fazer algumas coisas em momentos mais ~mágicos~.

Outra coisa é justamente com a mudança do blog pelos motivos de desvincula-lo do canal e assim eu poder me dedicar a ele como ele merece. Uma coisa não excluía a outra, não é isso. É que eu senti que precisava separar os dois para que eles funcionassem bem cada um por si, e assim executo dois desejos com uma ação só. Me dedicar aos dois, no meu tempo e ritmo, porém dar atenção que eu sempre quis dar a eles. Já que eles são duas coisas diferentes não fazia mais sentido mante-los como um só, e agora eu estou realmente contente em ver os dois caminhando com suas próprias pernas e existindo tão bem na minha vida.

Entretanto, apesar de querer me dedicar aos meus lares virtuais, uma atitude a ser tomada esse ano é ficar o mais longe possível da internet. Na verdade verdadeira eu quero é ficar de boas das redes sociais. Não quero depender delas como se quando a gente perde um dia fazendo outras coisas fosse uma total falta de informação sobre o que está acontecendo no mundinho virtual, sabem? Eu detesto essa sensação. E é só uma sensação ridícula, pois sua vida não vai ficar pior por ter ficado de fora das últimas "notícias" da web. Então por que não se dedicar as coisas mais importantes do que gastar uma hora lendo um textão de facebook coisas que no fim das contas vão te fazer ficar frustrada?

Basicamente é isso que tenho para prestar mais atenção sobre vida de internet. De resto a gente (eu no caso, né!) vai levando e se descobrindo; como lidar com a vida virtual em si. Só precisa de uma boa dose de bom senso e foco.

Ano passado foi um ano muito interessante na questão da escrita para mim. Me descobri mesmo como uma pessoa que escreve, por conta disso tive mais desenvoltura para tantos outros escritos, mesmo eles não saindo do rascunho, como comentei no início desse post. pela deusa tô até vendo o quão gigantesco esse post irá ficar, but no regrets risos

Falemos, então, de alguns posts que gostei muito de escrever em 2017. Vou em ordem cronológica, assim fica mais fácil acompanhar e acho que para mim, mais fácil de relembrar (?).

Sou muito mais... — foi um post que fiz apenas para dizer que não sou feita só de Literatura. Apesar dela fazer tanto parte da minha vida e ser extremamente importante, não tenho apreço só por ela. Amo tanto outras artes e esse é um dos motivos de eu ter esse blog: para falar de tudo que adoro e me inspira.

A delicadeza de Kathrin Honesta — é um post relativamente simples, porém foi de uma maravilhosidade ter descoberto essa artista talentosíssima que fiquei muito contente em escrever esse texto indicando sua belíssima arte.

Lá e de volta outra vez — depois de passar um ano morando no Chile, voltamos com um certo alívio para esse Brasilzão. A referência a Tolkien era inevitável, pois toda jornada que começa e termina sempre vai ser lembrada como nosso querido hobbit Bolseiro fez a sua própria. E me senti um pouco Bilbo, sim.

Chegou a hora de mudar... de novo — esse é aquele tipo de post que adoro fazer: anunciando mudanças no bloguito. AMO mudar esse espaço e isso se reflete em posts explicando um pouco dessa quase necessidade habitual de fazer isso. Sempre são posts gostosos de escrever.

Uma pessoa que escreve — claro, não poderia faltar a razão de tudo isso. Esse texto é muito pessoal, muito revelador (na medida do possível) e só reflete a mim como eu sou verdadeiramente. Está aí toda uma vida dedicada as palavras, tanto nas leituras como na escrita. Aliás, está ali no cantinho como recomendação, assim todo mundo já fica sabendo de onde vem a essência.

Meus projetos literários atuais — mais um post óbvio sobre minha pessoa. Adoro ler, como todo mundo bem sabe, consequentemente adoro fazer projetos que instiguem as leituras e no fim de tudo isso sai um texto falando mais e mais disso. Mais minha cara impossível.

Blogo, logo existo — foi mais para indicar os blogs amigos que gosto muito de ler, contudo teve seu espacinho de explicação do porque ainda blog em meio a tantas outras plataformas que tem surgido atualmente. E é aquilo: simples vontade de contar, contar sobre qualquer coisa inspiradora, ou não.

Minha (nem tão) nova estante — precisa mesmo explicar?! Hahaha. Tá bem, brevemente. Mostro o lugar onde ficam meus bens preciosos (os livros, mas acho que você entenderam... rs); a maneira como os organizei, daquele jeito único de todo leitor. :)

Sobre ser fiel a si mesma — bem pessoal também. Porém de uma maneira um pouco diferente do Uma pessoa que escreve. Nesse texto eu quis chamar atenção para não fazermos as coisas como deveríamos fazer, e sim para que possamos assumir nosso próprio controle perante nossos desejos e sonhos. Enfim, tem que ler para pegar bem o sentido, hehe.


Cansaram de tantas palavras juntas? Eu cansei um pouco de tão longo que ficou, mas como prometi para mim mesma, o que vier na cabeça e for uma boa ideia que pode ser colocada no papel — ou na tela do computador — vale a pena todo o esforço. No final vai ser algo lindo de se ler, pelo menos para mim, risos.

Não pensem que parei com as retrospectivas por aqui. Pretendo fazer uma das músicas/artistas que escutei e talvez, mas só talvez, dos filmes que assisti.
Ainda estou pensando na possibilidade da retrospectiva literária. Fazia todo ano, era meio que tradição, porém algumas coisas mudaram, então não sei ao certo. É algo a se pensar. Veremos.

No mais é isso. Que 2018 venha mais cheio de palavras para lermos e escrevermos; que cada um se sinta bem no que faz e que a vida seja um pouco mais leve. ;)

6 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAA que post e que blog mais amor! Compartilho de algumas das tuas metas, principalmente a de ficar mais longe da internet, ficar menos tempo nas redes sociais e etc. Eu tenho um blog, mas nunca me senti com vontade de mantê-lo. Eu tendo à escrever textos muito soltos, metafóricos, que não tem tanto cara de blog, me parece. Todos estão como rascunho e o blog vazio, mas quem sabe um dia? Pois sempre admirei e adoro ler vez ou outra.
    Vou tentar acompanhar com mais frequência <3 Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Migaaa, que maravilha te ver por aqui!♥♥♥
      Acho que as redes sociais são o que me atrapalha, até na produtividade de atividades que faço no pc mesmo...
      Ah, eu acho que você tem que se sentir confortável em compartilhar, se não não é você né? Se você acha que por enquanto só escrever nele e deixar nos rascunhos é o melhor, faça isso. O dia que você resolver mostrar o que você escreve me avisa, você sabe que te apoiarei sempre, né? ♥
      Obrigada, sua linda! Beijins!

      Excluir
  2. Eu adoro posts nesse estilo! Gosto de saber as expectativas de pessoas que também alimentam um blog (assim como eu) acho que acaba rolando uma conexão quase que instantânea haha! Apesar de nova por aqui, achei a sua escrita muito gostosa... as vezes, alguns posts podem não sair do rascunho, mas está tudo bem! Se tem uma coisa que quero fazer em 2018 é também me desapegar das redes sociais, mas as vezes é tao difícil principalmente porque tem a fan page do blog, instagram etc... O jeito é ir balanceando bem! haha Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dai, muito obrigada! Fico contente que tenha gostado da minha escrita. ^•^
      Ah sim, as redes sociais são uma pegadinha pra quem divulga o trabalho. Mas o negócio ir lá e divulgar o post e sair correndo antes de ser pega por elas, haha. Mas é isso, ir balanceando o uso. ;)
      Beijins!

      Excluir
  3. Endo parece mesmo que foi eu quem escreveu! hahaha meu rascunho, um dia desses, vai estar mais cheio do que os posts publicados... Tenho tentando manter uma rotina, separando o tempo pra cada coisa. Antes, tava escrevendo um post, checando o instagram, abrindo uma aba pro youtube, ou seja foco zero. Aos poucos estou melhorando... Vamos que vamos e feliz 2018 pra ti!

    Super beijos,
    Neila Bahia - Blog Insanos Dezembros ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas não é tão ruim assim deixar alguns posts no rascunho. Às vezes eles ainda podem ser publicados, né? ;)
      Feliz Ano Novo!
      Beijins!

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan