12 livros para 2020

11 de janeiro de 2020

via Unsplash
Ainda não estou preparada para falar de 2019 (talvez nunca esteja), como uma retrospectiva do que rolou pelo ano, então o que estou fazendo é atualizando o blog com coisas boas. Primeiro a Retrospectiva Musical 2019 e agora vou falar dos 12 livros que pretendo ler em 2020.

Desde que me conheço com uma pessoa participante da internet eu tenho certos problemas com metas literárias. Já tentei várias vezes fazer esse desafio, mudando o número de livros, tentando outros tipos de projetos, mas nunca consegui cumprir nenhum deles. Entretanto, dessa vez resolvi usufruir de uma tática diferente que acho que pode ajudar. Separei um livro para cada mês do ano (vi alguns canais do booktube aplicarem esse formato). O objetivo com isso é olhar para o livro do mês e ver que eu preciso lê-lo se quiser que ao final do ano eu queira ter completado com sucesso esse desafio. Então penso que por meio desse suporte (não quero ser radical e chamar de obrigação ou pressão) eu vá olhar para o livro e não ter medo de pega-lo para ler.
Outro incentivo é que pretendo voltar ao canal do Youtube e fazer vídeos para esses livros individualmente. Assim ficam registradas minhas impressões e opiniões sobre essas leituras.

O intuito em mostrar os livro é dizer porque os escolhi para a lista e não falar sobre do que se tratam. Mas anexarei links do Skoob para uma sinopse, assim quem quiser saber mais sobre o livro, lê no site.

Bom, acho que expliquei de forma básica e sucinta. Vamos agora aos livros?

janeiro: CIRANDA DE PEDRA, de Lygia Fagundes Telles - A verdade é que já li o livro, haha. Eu li o quanto antes e acabei fazendo esse post (e o vídeo saíra também) só após a leitura. Já adiantando: a leitura foi densa e, pelo menos pra mim, pesada. De modo algum foi ruim, só foi um aperto no coração mesmo. Coloquei ele na lista pois já tinha tentado ler e não havia fluido, agora foi uma leitura e tanto!

fevereiro: LARANJA MECÂNICA, de Anthony Burgess - A releitura do ano (embora eu queira reler outros, essa é a principal). Desde que li pela primeira vez me planejo a fazer essa releitura para registrar melhor o que eu penso sobre esse livro. Ele é meio chocante e cheio de linguagem diferente, estou muito curiosa para saber o que vou achar dessa vez.

março: O CONTO DA AIA, de Margaret Atwood - Escolhi exatamente esse livro por ser de certo modo polêmico. Em março temos o "dia internacional da mulher" que para mim é uma data para reforçar a luta feminista e não ganhar rosas e escutar bobagens... Esse livro possuí uma sociedade em que a mulher é por demais subjugada, entre outras coisas. É um bom livro para chamar atenção nesse mês "da mulher".

abril: O RESTO É SILÊNCIO,  de Erico Verissmo - Um dos mais antigos da minha estante, então pensei se esse ano não for, vai quando? e coloquei na lista. Não só por isso, faz um tempo que não leio Erico e preciso voltar a seus romances únicos (a saga d'O Tempo e o Vento tem que ser planejada).

maio: ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA, de José Saramago - Uma dívida literária (assim como Cem Anos de Solidão, que consegui ler, finalmente, fim do ano passado!)  que precisa ser cumprida o quanto antes, cansei de sentir receio só por achar que vai ser difícil, ele tem que ser encarado. Agora é pra não deixar mais de lado mesmo, rs.

junho: O MORRO DOS VENTOS UIVANTES, de Emily Brontë - Adquiri recentemente pelo motivo de querer ler mais clássicos e começar a conhecer as irmãs Brontë. Está em junho por ter essa atmosfera gótica e sombria, ótima pra se ler no inverno, hehe.

julho: PERTO DO CORAÇÃO SELVAGEM, de Clarice Lispector - Faz um tempo que não pego livro da Clarice para ler. Ainda tenho dois romances inéditos para mim, e escolhi este por ser o primeiro escrito pela autora (o outro é A Paixão Segundo G.H.).

agosto: CLARICE,, de Benjamin Moser - Então o livro da Clarice está em julho, pois decidi ler sua biografia em agosto — o mês que nunca termina, para que eu possa ler um livro longo, hã? rsrs. Quero me dedicar e espero que o mês renda muito.

setembro: A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER, de Milan Kundera - Não que ele tenha algo a ver com a Primavera, mas por conta da capa o escolhi para setembro. Também é um livro que já comecei a ler e não dei continuidade, porém agora a hora deve ser mais propícia para encara-lo. 

outubro: FRANKENSTEIN, de Mary Shelley - Aqui tentei fazer algo mais temático. A obra é conhecida por ser percursora da ficção científica, mas ela tem seu terrorzinho, então para homenagear o Dia das Bruxas/Halloween quis deixar essa leitura para outubro.

novembro: MRS, DALLOWAY, de Virginia Woolf - Pode-se dizer que essa também é uma dívida literária; eu até li outros dois livros de V. Woolf, contudo nenhuma ficção da autora. Portanto está mais que na hora de me aventurar por essas bandas em suas obras.

dezembro: AOS MEUS AMIGOS, de Maria Adelaide Amaral - Quis escolher um livro que remetesse a despedida, e posso estar completamente enganada quanto ao tema dessa história, mas do que me lembro da minissérie havia algo nesse sentido... Como dezembro é o último mês, pensei que ficaria como uma boa última leitura para desafio.


Estou feliz com a pilha que montei. Escolhi várias coisas adquiridas recentemente, mas também temos livros parados na estante há muitos anos. Além de ter uma diversidade interessante de gêneros e estilos; tem bastante autoras e procurei leituras que sei que vão ser fortes e enriquecedoras. Também levei em conta que são livros que quero muito ler, de autores que quero conhecer ou conheço e quero sempre ler mais.

Já li o primeiro livro, então imagino que seja uma boa representação de esperança para que esse ano eu consiga cumprir de uma vez um desafio como este. Estou empolgada e, surpreendentemente, confiante. ;)

2 comentários

  1. Adorei os seus livros, os que também estão na minha lista são O Conta da Aia, Ensaio sobre a Cegueira e O Morro dos Ventos Uivantes.

    beijos
    gabepinheiro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei os livros que você selecinou. Nunca li nenhum, mas já vi muita gente falando bem de alguns! Minha meta literária pra esse ano é ler todos os livros que procrastinei em 2019 e os que estão parados na estante há tempos... 2019 foi tão estranho que não li praticamente nada, por isso espero melhorar esse ano!
    Beijo enorme! ❤ | Quase Aurora

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo comentário e pela visita! ♥
Responderei assim que puder ;)